Você está aqui: Página Inicial > Informações > Manutenção > Não Programada > Problemas no funcionamento do satélite NPP
conteúdo

Problemas no funcionamento do satélite NPP

   Desde às 16h30min do dia 26/julho/2022, 3ª. feira, o satélite “Suomi NPP” controlado e operado pela NASA, apresentou problemas técnicos nos instrumentos de bordo e foi colocado em modo “de segurança”, para  averiguação das causas e possíveis soluções. A NASA informou que a geração das imagens para todo o globo, está prejudicada e suspendeu a divulgação de suas imagens e dados nas plataformas “Worldview” e “FIRMS”.

   Essa situação também impede a recepção das imagens do satélite “Suomi NPP” pelas antenas das estações de recepção do INPE, inclusive nas instalações em Cachoeira Paulista/SP e em Cuiabá/MT.

   O Programa Queimadas/INPE utiliza diariamente, os dados do sensor “VIIRS” das imagens do “Suomi NPP”, para processamento da quantidade de focos de queima de vegetação. Com a limitação técnica atual, fica afetada temporariamente a apresentação nas páginas do BDQueimadas dos dados deste satélite, incluindo as estatísticas por “estado” e por “país”. Também estão prejudicadas as comparações temporais e espaciais, dos últimos dez anos.

   Continuam normais as detecções de focos de queima com os dados do sensor “MODIS”, das imagens do satélite de referência “AQUA”, assim como dos outros satélites utilizados pelo INPE, tanto em órbita polar (“NOAA-20”, “NOAA-19”, “NOAA-18”, “TERRA” e “Metop-C”), como em órbita geoestacionária (“GOES-16” e “MSG-3”). Também está normal no Portal do Programa Queimadas a divulgação dos outros produtos do monitoramento de queimadas.

   A integração das séries de focos utilizando as informações do satélite “AQUA” desde 2002, com as informações do satélite “Suomi NPP” desde 2012 está em elaboração e, será objeto de estudos e publicações.

   O monitoramento do desmatamento que o INPE realiza não foi impactado por essa falha no satélite “Suomi NPP”, uma vez que esse produto utiliza os dados de outros satélites.