Relatório Diário Automático
02/Dez/2022

Este documento foi criado automaticamente pelo Programa Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em Cachoeira Paulista, SP, Brasil. Envie comentários e consultas a queimadas@inpe.br. É permitido distribuir e reproduzir as informações aqui contidas, bem como criar outros documentos a partir delas, desde que seja citada a fonte: "INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, 2022.  Portal do Monitoramento de Queimadas e Incêndios. Disponível em http://queimadas.dgi.inpe.br/queimadas."

Índice

  1. Tabela de focos acumulados por país nos últimos 5 anos
  2. Gráfico de focos acumulados por país neste ano
  3. Tabela de focos acumulados por país nos últimos 5 meses
  4. Gráfico de focos acumulados por país neste mês
  5. Tabela de focos acumulados por país nos últimos 5 dias
  6. Gráfico de focos acumulados por país ontem
  7. Tabela de focos acumulados por estado brasileiro nos últimos 5 anos
  8. Gráfico de focos acumulados por estado brasileiro neste ano
  9. Tabela de focos acumulados por estado brasileiro nos últimos 5 meses
  10. Gráfico de focos acumulados por estado brasileiro neste mês
  11. Tabela de focos acumulados por estado brasileiro nos últimos 5 dias
  12. Gráfico de focos acumulados por estado brasileiro ontem
  13. Tabela dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados nos últimos 5 anos
  14. Gráfico dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados neste ano
  15. Tabela dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados nos últimos 5 meses
  16. Gráfico dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados neste mês
  17. Tabela dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados nos últimos 5 dias
  18. Gráfico dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados ontem
  19. Mapa de focos nas últimas 48 horas
  20. Mapa de risco de fogo previsto para hoje e amanhã
  21. Mapa de precipitação acumulada prevista para hoje e amanhã
  22. Mapa de umidade relativa mínima prevista para hoje e amanhã
  23. Mapa de temperatura máxima prevista para hoje e amanhã
  24. Mapa de precipitação acumulada em 24 horas
  25. Mapa de número de dias consecutivos sem chuva
  26. Mapa de umidade relativa mínima observada em 24 horas
  27. Mapa de temperatura máxima observada em 24 horas

Tabela de focos acumulados por país nos últimos 5 anos

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por país da América do Sul entre os dias 01/Jan e 01/Dez de cada ano, de 2018 a 2022.

Localidade 2022 Dif. 2021 Dif. 2020 Dif. 2019 Dif. 2018 Dif.
Brasil 193.880 8% 179.897 -17% 215.831 13% 190.275 49% 127.893 -35%
Argentina 42.420 36% 31.264 -57% 73.161 158% 28.377 -10% 31.604 -0%
Bolivia 39.734 16% 34.212 -13% 39.483 -10% 43.997 83% 24.092 -10%
Chile 2.605 -12% 2.975 -10% 3.303 -4% 3.444 -0% 3.459 -48%
Colombia 15.838 25% 12.653 -39% 20.832 33% 15.661 -13% 17.922 41%
Ecuador 2.493 155% 976 -62% 2.542 126% 1.125 -47% 2.120 35%
Falkland Islands - - - - - - - - - -
French Guiana 113 28% 88 -58% 209 32% 158 -14% 183 17%
Guyana 469 -22% 605 -52% 1.265 -1% 1.280 36% 940 11%
Paraguay 16.050 -32% 23.650 -36% 37.122 66% 22.423 35% 16.608 -31%
Peru 14.774 37% 10.764 -35% 16.474 18% 14.007 30% 10.782 20%
Suriname 177 -15% 209 -54% 450 -5% 474 10% 431 33%
Uruguay 588 41% 416 -61% 1.080 65% 653 62% 404 9%
Venezuela 18.671 19% 15.674 -56% 35.436 26% 28.071 17% 24.025 64%
A diferença mostrada em 2018 foi calculada em relação a 2017.

Gráfico de focos acumulados por país neste ano

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por país da América do Sul entre o início deste ano (01/Jan/2022) e ontem (01/Dez/2022).

Tabela de focos acumulados por país nos últimos 5 meses

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por país da América do Sul entre os dias 01 e 01 de cada mês, de Ago/2022 a Dez/2022.

Localidade Dez/2022 Dif. Nov/2022 Dif. Out/2022 Dif. Set/2022 Dif. Ago/2022 Dif.
Brasil 70 -24% 92 -97% 2.720 -14% 3.158 417% 611 80%
Argentina 7 -88% 60 -63% 163 -67% 499 524% 80 -50%
Bolivia 7 -70% 23 -94% 365 -65% 1.053 2.671% 38 -90%
Chile 7 -84% 44 - - - - - - -
Colombia 1 0% 1 -50% 2 -92% 26 - - -
Ecuador 20 -35% 31 3.000% 1 - - - - -
French Guiana - - - - 2 - - - - -
Guyana - - 6 - - - - - 1 -
Paraguay 8 -83% 46 109% 22 -78% 98 263% 27 -53%
Peru 96 146% 39 225% 12 -93% 180 400% 36 -10%
Suriname - - 1 -75% 4 - - - - -
Uruguay 1 - - - 2 - - - - -
Venezuela 56 700% 7 250% 2 -80% 10 400% 2 0%
A diferença mostrada em Ago/2022 foi calculada em relação a Jul/2022.

Gráfico de focos acumulados por país neste mês

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por país da América do Sul entre o início deste mês (01/Dez/2022) e ontem (01/Dez/2022).

Tabela de focos acumulados por país nos últimos 5 dias

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por país da América do Sul entre os dias 27/Nov/2022 e 01/Dez/2022.

Localidade 01/Dez/2022 Dif. 30/Nov/2022 Dif. 29/Nov/2022 Dif. 28/Nov/2022 Dif. 27/Nov/2022 Dif.
Brasil 70 -49% 138 -16% 164 -27% 224 0% 224 124%
Argentina 7 -79% 34 -41% 58 -60% 145 9% 133 5%
Bolivia 7 -97% 230 15% 200 6% 189 -41% 322 216%
Chile 7 - - - 2 0% 2 - - -
Colombia 1 -99% 80 - - - - - - -
Ecuador 20 400% 4 -98% 222 4.340% 5 - - -
Guyana - - - - 1 - - - - -
Paraguay 8 -11% 9 -89% 80 567% 12 -84% 74 164%
Peru 96 140% 40 54% 26 -58% 62 933% 6 -81%
Uruguay 1 - - - 4 - - - - -
Venezuela 56 24% 45 1.400% 3 - - - 14 600%
A diferença mostrada em 27/Nov/2022 foi calculada em relação a 26/Nov/2022.

Gráfico de focos acumulados por país ontem

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por país da América do Sul ontem (01/Dez/2022).

Tabela de focos acumulados por estado brasileiro nos últimos 5 anos

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por estado do Brasil entre os dias 01/Jan e 01/Dez de cada ano, de 2018 a 2022.

Localidade 2022 Dif. 2021 Dif. 2020 Dif. 2019 Dif. 2018 Dif.
ACRE 11.831 34% 8.827 -4% 9.182 35% 6.801 3% 6.625 5%
ALAGOAS 118 -28% 164 25% 131 -23% 171 1% 169 55%
AMAPÁ 984 47% 671 -6% 712 -41% 1.210 0% 1.206 -26%
AMAZONAS 21.044 42% 14.810 -11% 16.569 32% 12.580 10% 11.411 -0%
BAHIA 9.696 -32% 14.298 86% 7.670 8% 7.082 46% 4.838 -24%
CEARÁ 2.691 -25% 3.600 14% 3.152 -12% 3.580 51% 2.377 2%
DISTRITO FEDERAL 251 -3% 259 33% 195 -8% 213 142% 88 -69%
ESPÍRITO SANTO 468 -14% 547 44% 379 -38% 609 226% 187 0%
GOIÁS 4.769 -20% 5.971 1% 5.938 -16% 7.072 134% 3.020 -53%
MARANHÃO 18.684 26% 14.835 -5% 15.697 -6% 16.738 29% 13.004 -43%
MATO GROSSO 28.651 28% 22.302 -53% 47.115 54% 30.559 74% 17.561 -43%
MATO GROSSO DO SUL 2.206 -76% 9.188 -23% 11.894 3% 11.513 428% 2.182 -61%
MINAS GERAIS 7.756 -36% 12.065 40% 8.641 -13% 9.882 118% 4.535 -46%
PARÁ 39.952 79% 22.317 -39% 36.421 28% 28.446 35% 21.076 -53%
PARAÍBA 575 -28% 798 5% 760 -19% 943 64% 575 107%
PARANÁ 1.716 -53% 3.613 4% 3.479 8% 3.233 37% 2.360 -33%
PERNAMBUCO 997 -7% 1.075 27% 845 24% 682 11% 613 24%
PIAUÍ 10.471 -16% 12.513 40% 8.944 -14% 10.350 13% 9.133 27%
RIO DE JANEIRO 745 49% 500 -27% 689 -2% 706 203% 233 -76%
RIO GRANDE DO NORTE 313 -34% 474 -8% 514 -19% 634 62% 392 38%
RIO GRANDE DO SUL 1.531 -35% 2.360 -34% 3.561 15% 3.100 97% 1.570 -27%
RONDÔNIA 12.390 24% 9.999 -9% 11.004 -2% 11.183 10% 10.208 -9%
RORAIMA 1.021 13% 906 -52% 1.874 -61% 4.760 111% 2.260 82%
SANTA CATARINA 1.332 -42% 2.291 -5% 2.409 40% 1.723 28% 1.346 -31%
SÃO PAULO 1.566 -71% 5.429 -11% 6.108 101% 3.034 3% 2.946 -24%
SERGIPE 74 -40% 123 98% 62 -5% 65 -41% 111 61%
TOCANTINS 12.048 21% 9.962 -16% 11.886 -11% 13.406 70% 7.867 -50%
A diferença mostrada em 2018 foi calculada em relação a 2017.

Gráfico de focos acumulados por estado brasileiro neste ano

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por estado do Brasil entre o início deste ano (01/Jan/2022) e ontem (01/Dez/2022).

Tabela de focos acumulados por estado brasileiro nos últimos 5 meses

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por estado do Brasil entre os dias 01 e 01 de cada mês, de Ago/2022 a Dez/2022.

Localidade Dez/2022 Dif. Nov/2022 Dif. Out/2022 Dif. Set/2022 Dif. Ago/2022 Dif.
ACRE - - - - 111 -79% 534 53.300% 1 -94%
ALAGOAS - - - - - - - - - -
AMAPÁ - - 2 -94% 31 3.000% 1 - - -
AMAZONAS 9 -36% 14 -73% 51 -91% 542 359% 118 2.260%
BAHIA - - 1 -100% 298 297% 75 2.400% 3 -93%
CEARÁ - - 11 -65% 31 1.450% 2 - - -
DISTRITO FEDERAL - - - - - - 1 -67% 3 50%
ESPÍRITO SANTO - - - - - - 3 - - -
GOIÁS 1 - - - 39 -30% 56 167% 21 163%
MARANHÃO 1 - - - 508 16% 439 3.277% 13 -85%
MATO GROSSO 23 - - - 97 -51% 196 42% 138 306%
MATO GROSSO DO SUL 20 - - - - - 17 467% 3 -67%
MINAS GERAIS - - - - 96 -8% 104 1.386% 7 -77%
PARÁ 3 -91% 33 -92% 402 9% 369 242% 108 620%
PARAÍBA 2 0% 2 -67% 6 - - - - -
PARANÁ 2 - - - - - 5 -84% 31 -
PERNAMBUCO - - 3 -95% 55 - - - - -
PIAUÍ - - 1 -100% 604 257% 169 3.280% 5 -79%
RIO DE JANEIRO - - - - - - 31 - - -
RIO GRANDE DO NORTE 1 -83% 6 500% 1 - - - - -
RIO GRANDE DO SUL 2 -50% 4 - - - 2 -95% 44 -
RONDÔNIA - - - - 42 -90% 422 3.417% 12 71%
RORAIMA 5 -67% 15 - - - - - - -
SANTA CATARINA - - - - - - 6 -82% 34 -
SÃO PAULO 1 - - - 1 -95% 20 82% 11 450%
SERGIPE - - - - - - - - - -
TOCANTINS - - - - 347 112% 164 178% 59 16%
A diferença mostrada em Ago/2022 foi calculada em relação a Jul/2022.

Gráfico de focos acumulados por estado brasileiro neste mês

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por estado do Brasil entre o início deste mês (01/Dez/2022) e ontem (01/Dez/2022).

Tabela de focos acumulados por estado brasileiro nos últimos 5 dias

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por estado do Brasil entre os dias 27/Nov/2022 e 01/Dez/2022.

Localidade 01/Dez/2022 Dif. 30/Nov/2022 Dif. 29/Nov/2022 Dif. 28/Nov/2022 Dif. 27/Nov/2022 Dif.
ACRE - - 12 - - - 1 - - -
ALAGOAS - - - - - - - - 4 -
AMAPÁ - - 1 - - - 3 - - -
AMAZONAS 9 -59% 22 83% 12 - - - - -
CEARÁ - - 3 -77% 13 160% 5 -79% 24 1.100%
ESPÍRITO SANTO - - 1 - - - - - - -
GOIÁS 1 - - - - - 5 - - -
MARANHÃO 1 -98% 52 5.100% 1 -95% 21 -68% 66 2.100%
MATO GROSSO 23 475% 4 -94% 66 247% 19 -66% 56 30%
MATO GROSSO DO SUL 20 - - - 17 1.600% 1 -83% 6 -40%
MINAS GERAIS - - 2 - - - 2 - - -
PARÁ 3 -88% 25 - - - 165 768% 19 0%
PARAÍBA 2 - - - - - - - 7 -
PARANÁ 2 - - - 1 - - - - -
PERNAMBUCO - - - - 1 - - - 7 -
PIAUÍ - - 11 120% 5 - - - 13 -
RIO GRANDE DO NORTE 1 - - - 2 - - - 5 150%
RIO GRANDE DO SUL 2 - - - 10 400% 2 0% 2 -
RONDÔNIA - - 4 -88% 32 - - - 15 -
RORAIMA 5 - - - 2 - - - - -
SANTA CATARINA - - - - 2 - - - - -
SÃO PAULO 1 0% 1 - - - - - - -
A diferença mostrada em 27/Nov/2022 foi calculada em relação a 26/Nov/2022.

Gráfico de focos acumulados por estado brasileiro ontem

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por estado do Brasil ontem (01/Dez/2022).

Tabela dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados nos últimos 5 anos

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por município do Brasil entre os dias 01/Jan e 01/Dez de cada ano, de 2018 a 2022. Estão listados apenas os 10 municípios com o maior número de focos acumulados entre o início deste ano (01/Jan/2022) e ontem (01/Dez/2022).

Localidade 2022 Dif. 2021 Dif. 2020 Dif. 2019 Dif. 2018 Dif.
SÃO FÉLIX DO XINGU, PARÁ 5.249 140% 2.184 -59% 5.265 40% 3.762 167% 1.409 -79%
ALTAMIRA, PARÁ 5.032 72% 2.932 -39% 4.841 28% 3.780 112% 1.781 -60%
PORTO VELHO, RONDÔNIA 4.460 26% 3.530 4% 3.409 -5% 3.572 13% 3.152 -6%
LÁBREA, AMAZONAS 4.309 26% 3.426 46% 2.343 -6% 2.493 15% 2.173 27%
NOVO PROGRESSO, PARÁ 3.171 59% 1.997 -16% 2.374 19% 1.995 51% 1.318 -40%
APUÍ, AMAZONAS 3.153 60% 1.975 -29% 2.791 30% 2.151 88% 1.146 -27%
COLNIZA, MATO GROSSO 3.041 108% 1.459 -21% 1.858 -17% 2.249 58% 1.419 -33%
FEIJÓ, ACRE 2.417 59% 1.520 -2% 1.556 44% 1.078 28% 839 -9%
BOCA DO ACRE, AMAZONAS 2.112 56% 1.356 9% 1.245 21% 1.030 10% 936 5%
ITAITUBA, PARÁ 2.040 81% 1.127 -37% 1.779 44% 1.239 98% 627 -58%
A diferença mostrada em 2018 foi calculada em relação a 2017.

Gráfico dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados neste ano

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por município do Brasil entre o início deste ano (01/Jan/2022) e ontem (01/Dez/2022). Estão listados apenas os 10 municípios com o maior número de focos acumulados.

Tabela dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados nos últimos 5 meses

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por município do Brasil entre os dias 01 e 01 de cada mês, de Ago/2022 a Dez/2022. Estão listados apenas os 10 municípios com o maior número de focos acumulados entre o início deste mês (01/Dez/2022) e ontem (01/Dez/2022).

Localidade Dez/2022 Dif. Nov/2022 Dif. Out/2022 Dif. Set/2022 Dif. Ago/2022 Dif.
CORUMBÁ, MATO GROSSO DO SUL 16 - - - - - 4 - - -
BARÃO DE MELGAÇO, MATO GROSSO 5 - - - 1 - - - - -
ALVARÃES, AMAZONAS 4 - - - - - - - - -
TEFÉ, AMAZONAS 3 - - - - - 2 - - -
COXIM, MATO GROSSO DO SUL 3 - - - - - - - - -
MARCAÇÃO, PARAÍBA 2 - - - - - - - - -
NOVA UBIRATÃ, MATO GROSSO 2 - - - - - - - 2 -
CAMPO VERDE, MATO GROSSO 2 - - - - - - - - -
GAÚCHA DO NORTE, MATO GROSSO 2 - - - - - - - - -
ITAÚBA, MATO GROSSO 2 - - - - - - - 1 -
A diferença mostrada em Ago/2022 foi calculada em relação a Jul/2022.

Gráfico dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados neste mês

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por município do Brasil entre o início deste mês (01/Dez/2022) e ontem (01/Dez/2022). Estão listados apenas os 10 municípios com o maior número de focos acumulados.

Tabela dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados nos últimos 5 dias

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por município do Brasil entre os dias 27/Nov/2022 e 01/Dez/2022. Estão listados apenas os 10 municípios com o maior número de focos acumulados ontem (01/Dez/2022).

Localidade 01/Dez/2022 Dif. 30/Nov/2022 Dif. 29/Nov/2022 Dif. 28/Nov/2022 Dif. 27/Nov/2022 Dif.
CORUMBÁ, MATO GROSSO DO SUL 16 - - - 10 - - - 4 33%
BARÃO DE MELGAÇO, MATO GROSSO 5 - - - 3 - - - 3 -25%
ALVARÃES, AMAZONAS 4 - - - - - - - - -
COXIM, MATO GROSSO DO SUL 3 - - - - - - - - -
TEFÉ, AMAZONAS 3 - - - - - - - - -
CAMPO VERDE, MATO GROSSO 2 - - - - - - - - -
GAÚCHA DO NORTE, MATO GROSSO 2 - - - - - - - - -
ITAÚBA, MATO GROSSO 2 - - - - - - - - -
MARCAÇÃO, PARAÍBA 2 - - - - - - - 1 -
NOVA UBIRATÃ, MATO GROSSO 2 - - - - - 1 - - -
A diferença mostrada em 27/Nov/2022 foi calculada em relação a 26/Nov/2022.

Gráfico dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados ontem

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por município do Brasil ontem (01/Dez/2022). Estão listados apenas os 10 municípios com o maior número de focos acumulados.

Mapa de focos nas últimas 48 horas

Ontem (01/Dez/2022)
Ontem (01/Dez/2022)

nº. de focos

Mapa de risco de fogo previsto para hoje e amanhã

Previsão gerada hoje (02/Dez/2022) com as simulações ambientais dos últimos 120 dias de precipitação do modelo americano GFS 25 km, com inicialização em 02/Dez/2022 00h00 UTC.

Hoje (02/Dez/2022)
Amanhã (03/Dez/2022)

risco

Mapa de precipitação acumulada prevista para hoje e amanhã

Previsão gerada hoje (02/Dez/2022) com as simulações ambientais dos últimos 120 dias e prognósticos do modelo americano GFS 25 km, com inicialização em 02/Dez/2022 00h00 UTC.

Hoje (02/Dez/2022)
Amanhã (03/Dez/2022)

mm

Mapa de umidade relativa mínima prevista para hoje e amanhã

Previsão gerada hoje (02/Dez/2022) com a simulação de umidade relativa mínima do modelo americano GFS 25 km, com inicialização em 02/Dez/2022 00h00 UTC.

Hoje (02/Dez/2022)
Amanhã (03/Dez/2022)

%

Mapa de temperatura máxima prevista para hoje e amanhã

Previsão gerada hoje (02/Dez/2022) com a simulação de temperatura máxima do modelo americano GFS 25 km, com inicialização em 02/Dez/2022 00h00 UTC.

Hoje (02/Dez/2022)
Amanhã (03/Dez/2022)

°C

Mapa de precipitação acumulada em 24 horas

Precipitação acumulada nas últimas 24 horas, gerada pela composição dos dados medidos à superfície e as estimativas do GPM/NASA com resolução espacial de 25 km.

De ontem (01/Dez/2022 12h UTC) a hoje (02/Dez/2022 12h UTC)

mm

Mapa de número de dias consecutivos sem chuva

Número de dias consecutivos sem chuva, gerado considerando "sem chuva" os dados de precipitação acumulada menor que 1 mm oriundos das estimativas do GPM/NASA.

nº. de dias

Mapa de umidade relativa mínima observada em 24 horas

Análise de umidade relativa mínima do modelo americano GFS 25 km, com inicialização em 02/Dez/2022 00h00 UTC.

De ontem (01/Dez/2022 12h UTC) a hoje (02/Dez/2022 12h UTC)

%

Mapa de temperatura máxima observada em 24 horas

Análise de emperatura máxima do modelo americano GFS 25 km, com inicialização em 02/Dez/2022 00h00 UTC.

De ontem (01/Dez/2022 12h UTC) a hoje (02/Dez/2022 12h UTC)

°C

Informações adicionais

Outros produtos recomendados do Programa Queimadas do INPE.



Agradecimentos



Contato

Programa Queimadas
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
Av. dos Astronautas, 1758
Jardim da Granja
São José dos Campos, SP 12227-010
Brasil
queimadas.dgi.inpe.br/queimadas
queimadas@inpe.br
+55 (12) 3208-6652